Contra o aumento da tarifa de energia: a solução pode vir da Geração Distribuída.

Sem ferir o meio ambiente e facilitando a vida de consumidores e fornecedores, a Geração Distribuída (GD) tem o poder de transformar a forma como as pessoas lidam com suas contas de energia, a começar por frear o aumento de tarifa, que tem sido constante nos últimos tempos.


Com possibilidade de redução que ficam entre 5% a 20% no valor da conta de energia, dependendo da região, a GD pode ser a solução para quem deseja ganhar dinheiro como fornecedor de energia em pequena escala, e também para quem tem o interesse de utilizar uma fonte energética limpa e ainda pagar menos por isso.


Continue com a leitura e entenda melhor sobre como a Geração Distribuída pode resolver o problema de aumento de tarifa e quais são as opções possíveis no mercado!


O que é Geração Distribuída


A Geração Distribuída (GD) é uma maneira mais prática e acessível de utilizar energia solar sem necessariamente adquirir as placas solares, mas ainda assim, transformando a luz solar em eletricidade para consumo.


Ela funciona de maneira simples: O consumidor passa a aderir à GD através do aluguel de uma cota em uma usina solar. É possível que a utilização seja exclusiva ou compartilhada com outros usuários.


A partir dessa adesão, a energia gerada por sua cota é abatido no valor da conta de luz, reduzindo o pagamento final.


São 3 os modelos de Geração Distribuída capazes de atender diferentes tipos de pessoas e necessidades, como:


Autoconsumo remoto


Na opção de autoconsumo remoto é possível compartilhar os créditos entre franquias, sem que haja necessidade de geradora próxima ao local de consumo.


É a opção ideal para empresas com filiais ou mesmo pessoas com diferentes empresas, considerando que a única exigência da ANEEL é que todas as empresas estejam no mesmo CNPJ ou CPF, e dentro da mesma distribuidora de energia elétrica.


Geração compartilhada


A geração compartilhada ocorre quando empresas que são atendidas diretamente pela mesma distribuidora se unem e compartilham de uma mesma usina, consequentemente dividindo os créditos que são gerados por ela.


É fundamental que eles estejam localizados na mesma região da usina. A Egronn é uma plataforma especializada nesta modalidade, onde nem todos precisam instalar painéis solares para se beneficiar de uma energia limpa, barata e renovável.



Empreendimento com Múltiplas Unidades Consumidoras


Sendo o modelo que mais combina com grandes empreendimentos como shopping centers, o EMUC é capaz de atender inúmeras unidades consumidoras localizadas no mesmo lugar, mas que utilizam energia solar de maneira individual.


Para esse tipo de Geração Distribuída é possível utilizar placas solares instaladas ou utilizar energia de uma usina. Os valores são cobrados de maneira individual nesse caso.


Vale a pena investir em Geração Distribuída?



O aumento de tarifa de conta de luz tem sido uma constante, podendo levar um tempo considerável para redução e estabilização de valores.


Juntamente a todos os outros gastos de uma empresa ou até mesmo de uma residência familiar, trabalhar como a possibilidade de redução de gastos através de Geração Distribuída pode ser a solução para diminuição desses valores.


Da mesma forma, a GD também permite que empresas e pessoas forneçam energia e lucrem a partir da venda desse produto, se tornando produtores de energia solar.


Sendo assim, é possível dizer que a Gera


ção Distribuída é uma excelente opção para consumidores de energia que desejam reduzir suas contas de luz e também para qualquer empresa que queira se transformar em uma fornecedora de energia, aumentando sua renda através de geração de energia extra, ou até mesmo como investidora em fazendas de energia solar, se aproveitando da alta de preços da tarifa de energia elétrica.






1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo